Linha do tempo

		
Setembro de 2014
Outubro de 2014
Novembro de 2014
Janeiro de 2015
Fevereiro de 2015
Julho de 2015
Agosto de 2015
Setembro de 2015
Outubro de 2015
Novembro de 2015
Janeiro de 2016
Fevereiro de 2016
Março de 2016
Abril de 2016
Maio de 2016
Junho de 2016
Agosto de 2016
Setembro de 2016
Outubro de 2016
Novembro de 2016

Setembro de 2014

 

Embora desde 2011 alguns de nós já estivessem recebendo alimentos da Horta do Marcelo, consideramos a aquisição da kangoo como marco inicial das atividades da CSA SP tal como a conhecemos hoje, o que remete a setembro de 2014.

Outubro de 2014

 

O primeiro espaço anfitrião (depósito) da CSA Pinheiros ficava na Rua Capote Valente e os alimentos vinham da Horta do Marcelo, localizada na Instância Demetria. Por isso, coexistiam duas nomenclaturas para a mesma ação: CSA Demetria (utilizada no contexto institucional a CSA Brasil) e CSA Horta do Marcelo (utilizada no contexto operacional da CSA SP).

 

 

Novembro de 2014

 

A crise hídrica de 2014 expôs a necessidade de substituir o sistema de irrigação utilizado na Horta do Marcelo e, por isso, a CSA Demetria convocou todos seus coprodutores a realizarem uma contribuição complementar a mensalidade. Podemos considerar, então, que essa foi nossa primeira tomada de consciência em relação ao nosso papel como coprodutor e nosso primeiro contato com os aspectos técnicos relacionados ao manejo agrícola.

 

Janeiro de 2015

Fevereiro de 2015

Julho de 2015

 

Quase um ano depois do início das atividades, era hora de conhecer o agricultor e acolher novos membros.

 

Agosto de 2015

 

A primeira geração da CSA Butantã se reunia na Piparia, que funcionava como um mix de oficina/padaria/espaço de brincar.

 

Setembro de 2015

 

O início das atividades da CSA Butantã é considerado o marco inicial do desenho da CSA SP como uma rede articulada de produtores. Esse desenho surgiu como resposta a demanda por uma maior variedade de alimentos por parte dos coprodutores e, principalmente, por uma demanda gerada por reportagens e eventos que faziam com que fôssemos procurados por agricultores que queriam se tornar nossos fornecedores. Data dessa época, também, a experiência com contratos que remetiam a mais de um tamanho de cota.

 

Outubro de 2015

 

Novembro de 2015

 

Com a fundação da CSA Brasil e os recursos provenientes de editais, Hermann Polhmann acessou dinheiro para realizar apresentações em diferentes regiões do Estado de São Paulo. A entrega de um desses editais envolvia, também, a produção de um video institucional. Esse vídeo foi vivenciado pelos membros da CSA SP como uma dinâmica de grupo e não como uma entrega de edital. Os membros da CSA SP elaboraram um roteiro a partir do material já coletado por Hermann, em suas viagens pelo interior do estado, e a esses materiais acrescentaram animações e imagens captadas em na cidade São Paulo.

 

Janeiro de 2016

 

Em janeiro de 2016, os membros da CSA SP incluiram em sua agenda outra demanda CSA Brasil: o Encontro Nacional da Rede CSA Brasil. Esse encontro foi produzido e organizado pelos membros CSA SP fora do âmbito de editais, pois nenhum recurso de fora foi envolvido: dos equipamentos de áudio e vídeo ao preparo das refeições, tudo foi viabilizado com nossos próprios recursos. O encontro durou dois dias e aos participantes, que totalizaram cerca de 70 pessoas, foi solicitado que fizessem uma contribuição espontânea para cobrir as despesas que tivemos. Foi, com certeza, um marco em nossa trajetória!

 

 

Após o evento, pedimos que a CSA Brasil assumisse a atribuição de passar uma enquete de avaliação entre aqueles que compareceram ao encontro de modo que conseguíssemos encaminhar uma agenda comum a todos. Como resposta, foi nos dito que a avaliação deveria ficar sob nossa responsabilidade… Nós não tivemos energia para incluir isso em nossa agenda.

Fevereiro de 2016

 

Problemas com o caminhão que trazia os alimentos da Serras Verdes até São Paulo fizeram com que vivenciamos pela primeira vez o uso da kangoo para o frete intermunicipal dos alimentos.

 

 

Março de 2016

Como nossos alimentos chegavam pela Feira Biodinâmica, com o passar das semanas fomos nos familiarizando com a flutuação do movimento nas feiras e logo percebemos que em dias de chuva, o movimento era menor do que em dias ensolarados.

 

Abril de 2016

Maio de 2016

Junho de 2016

 

A tempestade de 2016 evidenciou o que significava compartilhar riscos: foi a primeira vez que vivenciamos uma situação na qual a perda de produção chegasse a 100%.

 

Agosto de 2016

Setembro de 2016

 

Em setembro de 2016, o site www.csasp.info foi publicado; garantir o fluxo distribuído das informações era uma das premissas da plataforma. Foi em setembro de 2016, também, que várias outras coisas aconteceram!

 

Outubro de 2016

 

Quanto mais a gente se aproximava da realidade das Serras Verdes, mais a gente aprendia sobre a lógica que rege a comercialização de alimentos orgânicos… Era o início da nossa tomada de consciência em relação a nossa missão de devolver aos agricultores e a nós mesmos o direito de celebrar as colheitas.

 

Descobrir que nem todos os alimentos que estavam sendo enviados para a CSA Serras Verdes vinha das Serras Verdes foi algo inesperado: até então, não tínhamos clareza de que não é óbvio que um agricultor consiga colher 7 variedades por semana ao longo de 52 semanas.

Novembro de 2016

 

Contato

Se o bairro ou a cidade em que você mora não aparecer na lista, escolha a opção ‘Quero começar uma CSA’. Na mensagem, informe o nome do bairro e/ou da cidade.

Menu